Não Deixe As Correntes Morrerem

Um Arquivo Pessoal das Principais Correntes dos Anos 2000


1. Tenho 14 anos (Teria se estivesse viva)

Uma das correntes mais famosas na Internet, surgida ainda na época em que se enviava essas coisas por e-mail. Não sei qual foi a motivação inicial do sujeito que pensou nisso. “Vamo ver se chega na minha tia Carla…hehehe”.

É, meu amigo, chegou muito mais longe. Triunfou no MSN e sobreviveu em fóruns e nas primeiras mídias sociais, lá nos meados dos anos 2000.

Terrível e porcamente inspirada no filme O Chamado (2002), essa corrente dá voz a uma menina homônima à assombração da película, Samara, que tem 14 anos (teria, se estivesse viva).

“Oi meu nome é Samara, tenho 14 anos (Teria se estivesse viva), morri aos 13 em Cascavel-PR. Eu andava de bicicleta quando não pude desviar de um arame farpado. O pior foi que o dono do lote não quis me ajudar, riu bastante mim após agonizar por 2 horas enroscada no arame eu faleci, através dessa mensagem eu peço que façam com que eu possa descançar em paz. Envie isso para 20 comunidades e minha alma estara sendo salva por você e pelos outros 20 que receberão. Caso não repasse essa mensagem vou visitar-lhe hoje a noite assim vc poderá conhecer o tal arame bem de pertinho. Dia 15 de Julho Mariana resolveu rir dessa mensagem, uma noite depois ela sumiu sem deixar vestigios. O mesmo aconteceu com Karen dia 18 de Outubro. Não quebre essa corrente por favor, a não ser que queira sentir a minha presença.”

Esse pessoal de Cascavel é foda.

Ô Samara, ô Samara, ô Samara…por quê você tem 14 teria se estivesse viva?

2. Vocês Ficariam Enojados

E ficamos.

Não que a Fifa seja a mais pueril das instituições futebolísticas desse mundão a fora. Pelo contrário. O que derrubou esse hoax não foi nem sua redação escrota nem o modo como foi divulgada e tampouco a apuração cagada do seu autor. Essa corrente se partiu pela tosca repetição.

Veja bem: a cada vez que o Brasil perdia uma Copa, essa corrente começava a espalhar-se pela Grande Rede de Computadores, a Internet (dizem que entre 2002 e 2004 houve um ligeiro hiato). E foi assim em 98, 2006, 2010 e e — surpresa — lá estava ela no último desastre verde-amarelo do agora longínquo 2014.

Talvez, isso explique a razão do jogador Leonardo ter declarado a seguinte frase: “Se as pessoas soubessem o que aconteceu na Copa do Mundo, ficariam enojadas”.
Todos os brasileiros ficaram chocados e tristes por terem perdido a Copa do Mundo de futebol, na França. 
Não deveriam… 
O que está exposto abaixo é a notícia em primeira mão que está sendo investigada por rádios e jornais de todo o Brasil e alguns estrangeiros, mais especificamente Wall Street Journal of Americas e o Gazzeta delo Sport e deve sair na mídia em breve, assim que as provas forem colhidas e 
confirmarem os fatos. Etc, etc, etc.
FATO COMPROVADO!!!!!!!!!!

Me lembro de ter recebido essa corrente ainda no e-mail e, mais tarde, tê-la avistado no Orkut, na época da Copa de 2006. É fato que ela voltou a se repetir na Copa de 2010. Será que existe uma organização nos moldes do Project Mayhem que tem como único intuito disseminar o caos na Internet? Como perdurou essa tão infame corrente? Sei lá.

Mas temos um nome por onde começar: Gunther Schweitzer. O suposto jornalista da ESPN sempre assinava essa maldita corrente, mas quem era esse danado ninguém sabia. A resposta, no entanto, veio em 2013, numa matéria do site da ESPN.

“Primeiramente, para deixar bem claro àqueles que ainda insistem em compartilhar os textos, vamos lá: o verdadeiro Gunther Schweitzer jamais denunciou coisa alguma sobre qualquer Copa do Mundo que seja ou Mundial de Clubes nenhum. Ele sequer é chegado em futebol, nunca cursou jornalismo na vida e muito menos trabalhou nos Canais ESPN. Nem na Rede Globo, conforme versões anteriores do “escândalo” apontavam.
Não sou o autor de nenhum desses e-mails. Eles foram parar no meu nome por um lapso meu. Quando eu trabalhava na antiga Volkswagen Caminhões, em Resende, recebi um e-mail sobre a Copa de 98. Aí fui repassar aos meus amigos, e tive a infelicidade de trabalhar com o outlook com a minha assinatura e acabou indo com o meu nome quando repassei”, afirmou o próprio Gunther Schweitzer, em entrevista ao ESPN.com.br. Na época da Copa de 1998, ele era estagiário da empresa do ramo de automóveis.”

Isso que dá ficar repassando corrente por e-mail no trabalho, seu bosta.

Outra versão desse hoax ainda aponta que o ESCÂNDALO transbordou para outros esportes, como o UFC. Aqui segue uma coletânea com alguns exemplos dessa deliciosa corrente.

3. O Orkut Deixará de Ser Gratuito (Exceto se Você Repassar Essa Merda)

Ô ódio.

Essa sobe um sangue fervente na cabeça só de lembrar. Vou até dar uma pausa aqui, dar umas voltas pra ver se fico mais tranquilo.

Pronto.

Essa corrente data da época do combalido MSN, serviço de troca de mensagens instantâneas. Na real, sei lá se foi MSN o primeiro, mas foi o máximo que minha preguiça me permitiu pesquisar. Mas a verdade é que ela ficou famozona mesmo aqui no Braza na época da melhor rede social de todos os tempos, o Orkut.

Para os que tiveram a sorte de nunca terem tropeçado nessa corrente, lá vai:

IMPORTANTE:
FOI CONFIRMADO ONTEM PELA REDE GLOBO QUE O ORKUT VAI PASSAR A SER PAGO. EXATAMENTE, O ORKUT VAI SER PAGO. A ÚNICA MANEIRA DE ISSO NAO ACONTECER EH ATUALIZANDO SEU PERFIL ENVIANDO ESSA MENSAGEM PARA O MÁXIMO DE PESSOAS QUE PUDER. APÓS ENVIAR PARA UMAS 15 OU 20 PESSOAS (O NÚMERO VARIA DE ACORDO COM O NÚMERO DE AMIGOS) APERTE A TECLA ‘F5’. O SEU PROFILE INTAO ESTARA ATUALIZADO PARA A VERSAO PLUS DO ORKUT (VERSAO ESTA QUE NAO EH PAGA).
MAS ATENÇAO, QUEM NAO ATUALIZAR SEU ORKUT, OU NAO INSERIR UMA CONTA PARA PAGAMENTO, TERA SEU PROFILE CANCELADO APARTIR DO INICIO DO MES QUE VEM.
ATUALIZE SEU ORKUT O MAIS RÁPIDO POSSIVEL, ASSIM COMO EU”

Vá lá que nós éramos mais noob de internet nos early 2000’s. Vamos perdoar, afinal, o Orkut tinha coisa muito pior que isso, como miguxês. Além disso, os caras colocavam umas fontes jornalísticas no meio do texto, isso confundia o povo brasileiro. Naquela época era todo mundo inocente.

Todavia, assim como a corrupção no Brasil, essa merda não parou.

Sempre que assistíamos ao apogeu de uma nova rede social, as mais variadas formas dessa corrente se disseminavam tal qual o nosso amiguinho Aedes Aegpty. Foi assim no MSN, no Orkut e até no Facebook.

Se deu no Programa do Ratinho, deve ser verdade.

Mas a minha preferida, a que eu guardo no fundo do peito debaixo de sete chaves é a, como dizem em terras tupiniquins, do ZAP ZAP.

Quando o aplicativo de mensagens instantâneas foi adquirido pelo pica Mark Zuckerberg, os Iluminatti das Correntes atacaram de novo. E com maestria. Eis que surge o WHATSBOOK.

EQUIPE WHATSBOOK

Os tiozões e tiozonas do alto da sua ignorância do mundo passaram semanas em polvorosa, rebostejando essa corrente em tudo quanto é grupo de família.

Mande Para 5 Amigos

Essas são as minhas preferidas. Isso porque nem entrei no mérito do Facebook que muda de cor, das correntes de amizade e das religiosas. Apesar de serem tosconas, elas ajudaram a montar a história recente da internet brazuca. Por isso, vamos guardá-las com carinho, sempre com aquele ódio no coração e sorriso espumante de raiva e destruição.

Recomende este textão e compartilhe no Facebook ou o Felipe Neto VAI FALAR UMAS VERDADES PRA VOCÊ PREÇO JUSTO NESSA PORRA! AAAAAAAAH!!!

One clap, two clap, three clap, forty?

By clapping more or less, you can signal to us which stories really stand out.